Site de Classificados de moto movimenta R$ 440 milhões em vendas em 2017

 

O MOTO.com.br, site de classificados que é referência no segmento duas rodas na internet, divulga os dados referentes ao volume movimentado pelas vendas realizadas por meio do portal durante o ano de 2017.

No ano passado, os números foram bastante expressivos: o valor gerado com a comercialização de motocicletas por meio dos serviços do portal chegou a mais de R$ 440 milhões. Em termos financeiros, a fabricante que mais impulsionou tal marca foi a Harley-Davidson, seguida pela BMW, HondaSuzuki e Yamaha, que completa o top-5.

Quando o assunto é a quantidade de motos comercializadas, quem leva a melhor é a Honda, que abocanha 18,2% do total de unidades vendidas por meio do MOTO.com.br. A Harley-Davidson segue a fabricante japonesa de perto, com 16%, e a BMW completa o ‘pódio’, com 14,2% do volume de vendas.

Yamaha e Suzuki, nesta ordem, fecham o grupo das cinco marcas com mais motocicletas vendidas e que ultrapassam os dois dígitos na fatia de mercado, com Triumph, Kawasaki, DafraDucatiKTM completando a lista das dez marcas mais vendidas no portal em 2017.

Sobre o MOTO.com.br
Referência no mercado automotivo, o MOTO.com.br atende uma demanda crescente de usuários que querem comprar ou vender suas motos de maneira simples e rápida. Pioneiro no segmento, o site foi idealizado em 1995 e lançado em 2002 por três amigos apaixonados por motocicletas e tecnologia. Desde então, vem consolidando sua presença no mercado como o site nacional que mais entende de motos. Com mais de 50 mil acessos diários e mais 8 milhões de buscas por mês, o portal passou a ser conhecido como “O Canal da MOTO”. Pensando em oferecer uma experiência ainda mais completa aos motociclistas, lançaram em 2016 o Shopping MOTO.com.br, uma plataforma online para venda de peças e acessórios diversos que aproxima lojistas e consumidores finais.

Confira a tabela:

Posição Marca Porcentagem
1 Honda 18,20%
2 Harley-Davidson 16,00%
3 BMW 14,20%
4 Yamaha 12,80%
5 Suzuki 12,20%
6 Triumph 7,20%
7 Kawasaki 7,10%
8 Dafra 3,40%
9 Ducati 3,10%
10 KTM 2,40%

Fotos: Divulgação e Alexandre Ciszewski/MOTO.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *