Welcome to Evently

Lorem ipsum proin gravida nibh vel veali quetean sollic lorem quis bibendum nibh vel velit.

Evently

Stay Connected & Follow us

Simply enter your keyword and we will help you find what you need.

What are you looking for?

Good things happen when you narrow your focus
Welcome to Conference

Write us on info@evently.com

Follow Us

  /  fique ligado!   /  Yamaha obtém mais prêmios de design com TMax DX e XMax 300

Yamaha obtém mais prêmios de design com TMax DX e XMax 300

O Red Dot Award é um dos maiores prêmios de design do mundo e também um queridinho da Yamaha, que já o conquistou sete vezes. Agora, na edição 2018, veio o êxito mais recente, onde a marca obteve a estatueta através dos scooters XMax 300 e TMax Dx. Assim, os modelos também se conceituam como referência em design, afinal esta é a terceira vez que conquistam um prêmio da área (antes, foram o Good Design Award 2017 e o iF Design Award 2018).

TMax DX e XMax 300 viraram os scooter 'papa-prêmios' de design da Yamaha. Red Dot Award é a terceira conquista dos modelos

TMax DX e XMax 300 viraram os scooter ‘papa-prêmios’ de design da Yamaha. Red Dot Award é a terceira conquista dos modelos

Criado em 1955, o Red Dot é uma referência em reconhecer marcas que aliam o melhor design à funcionalidade a qual um produto de alta qualidade se propõe. Na categoria ‘produtos’, dividida em 48 nichos e vencida pela Yamaha sete anos consecutivos, não é diferente. A marca conquista o prêmio através de diferentes modelos desde 2012 e, desta vez, foi selecionada pelo alemão Design Zentrum Nordrhein Westfalen.

Yamaha TMax DX e XMax 300: privilégio europeu

Yamaha XMax 300

Yamaha XMax 300

Mas o que garantiu aos scooters sua terceira premiação de design? Talvez a esportividade conferida pelas linhas fluídas que se estendem por todo o scooter, os faróis duplos de LED, os instrumentos TFT, o chassi de alumínio fundido, os detalhes cuidados nas costuras do assento, a suspensão dianteira invertida, o maior empenho possível para tornar um simples protetor de correia num item de design. Certamente, todos estes fatores – e infinitos outros – foram levados em consideração pelo júri do Red Dot.

Porém, ter um TMax DX ou XMax 300 rodando pelas ruas é privilégio de poucos. No Brasil, o TMax 530 teve vida curta, desembarcando aqui em 2014 e permanecendo nas lojas menos tempo do que gostaríamos. Sua aceitação no mercado foi abalada pelo preço na casa dos R$ 40 mil (na época) e acabou emplacando menos de 400 unidades. Nem mesmo os Estados Unidos tem a versão atualizada do modelo à venda – por lá, ‘apenas’ o XMax, recém chegado à lojas pelo convidativo preço de U$ 5.599. O jeito é viajar à Europa ou torcer para o segmento dos maxiscooter reaquecer por aqui, e é neste time que joga a Kymco, que deve começar a vender o AK 550 no Brasil em breve. Aguardemos…

separador_yamaha

Post a Comment