Iannone vai correr pela Aprilia na MotoGP em 2019

Aprilia, Andrea Iannone, Suzuki, Suzuki Ecstar, Alex Rins, Aleix Espargaró, Ducati, Jorge Lorenzo, MotoGP, motos, Mundial de Motovelocidade, Marc Márquez, Andrea Dovizioso, Valentino Rossi, Johann Zarco, Yamaha, Honda, Suzuki, vitória, Itália, Mugello, motociclismo, Motociclismo Online, Revista Motociclismo, saída, Team VR46, Moto 2, Tech 3, KTM, Danilo PetrucciOs últimos dias têm sido de fortes emoções nos bastidores do Mundial de Motovelocidade. Tudo começou com a saída de Dani Pedrosa da Repsol Honda e se seguiu até o anúncio de Jorge Lorenzo como seu substituto e a subida de Danilo Petrucci ao posto de piloto oficial da Ducati. Agora, quem terá nova casa pelos próximos dois anos é Andrea Iannone, que deixa a Suzuki Ecstar para se unir ao time de fábrica da Aprilia, ao lado de Aleix Espargaró.

Quem assume o lugar do italiano na marca japonesa é o jovem Joan Mir, que vem de Palma de Maiorca, como Jorge Lorenzo, e atualmente compete na Moto2, onde ocupa o quinto lugar na classificação geral do campeonato. “A Suzuki Motor Corporation está feliz em anunciar Joan Mir como um piloto de fábrica com a equipe Suzuki Ecstar para as temporadas de 2019 e 2020”, diz o comunicado oficial da equipe. Mir será companheiro de equipe de Alex Rins, cujo contrato já foi renovado também para os próximos dois anos.

A Aprilia, por sua vez, falou sobre a importância de ter o piloto italiano a bordo na próxima temporada. “Com Iannone, temos outro piloto altamente talentoso e rápido que também demonstra o seu valor nesta temporada. A sua chegada é um sinal do crescente envolvimento do Grupo Piaggio e da Aprilia com a MotoGP. Temos uma equipe forte que nunca parou de trabalhar arduamente e queremos continuar crescendo e levar a RS-GP onde ela merece”, disse Romano Albesiano, gerente de corridas da Aprilia, que aproveitou também para agradecer o piloto Scott Redding, de saída nesta temporada, pelo seu “grande profissionalismo e alto nível de comprometimento consistente”.

Iannone ainda não se manifestou formalmente sobre a saída da Suzuki nem a respeito da ida para a Aprilia. O piloto italiano ocupa atualmente o sétimo lugar na classificação geral da temporada 2018 com 60 pontos ganhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *