Marquez vence e MotoGP tem pódio espanhol em Assen

MotoGP, Mundial de Motovelocidade, motos, motovelocidade, competições, Suzuki, Suzuki Ecstar, Montmeló, Catalunha, Espanha, Américas, Aprilia, GSX-RR, Andrea Iannone, Jorge Lorenzo, Honda, Ducati, Yamaha, Movistar, Repsol, Pramac, Avintia, motociclismo, Motociclismo Online, Revista Motociclismo, Tito Rabat, Cal Crutchlow, Valentino Rossi, Hafizh Syahrin, Johann Zarco, Danilo Petrucci, Dani Pedrosa, Maverick Viñales, Assen, corrida, Holanda, liderança, Alemanha, SachsenringO espanhol Marc Márquez venceu o Grande Prêmio da Holanda ontem, dia 01 de julho, após uma corrida bastante disputada. “Foi uma corrida louca, cheia de adrenalina – essa é uma das razões porque nós praticamos esse esporte! Eu esperava algo assim, mas não do jeito que foi!” comenta o piloto da Repsol Honda, dizendo ainda que segurar o ritmo nas últimas três voltas não foi fácil e exigiu tudo que ele tinha. “Eu dei tudo nas últimas três voltas. Sem me preocupar com os pneus e sem pensar no campeonato”, disse Márquez. Com a vitória, o espanhol se isola na liderança com 41 pontos de diferença para Valentino Rossi, o segundo colocado na classificação geral.

Quem também se destacou no circuito de Assen foi Alex Rins, da Suzuki Ecstar, que superou um mal-estar no estômago e chegou em segundo lugar. “Esta manhã eu estava me sentindo muito doente, algum problema com o meu estômago. Mas os médicos da clínica móvel me deram um remédio e ele tirou a dor, então eu preciso realmente agradecê-los, porque quando eu me senti melhor pensei “uau, esta será a minha corrida!”. Foi uma batalha fantástica e aprendi muitas coisas durante a corrida. Nosso ritmo de corrida foi bom e eu pude aproveitar! Houve muitas ultrapassagens e movimentos apertados, então eu estava sempre forçando para ficar com os outros e garantir meu espaço”, disse o piloto, que já está pensando na próxima etapa.

MotoGP, Mundial de Motovelocidade, motos, motovelocidade, competições, Suzuki, Suzuki Ecstar, Montmeló, Catalunha, Espanha, Américas, Aprilia, GSX-RR, Andrea Iannone, Jorge Lorenzo, Honda, Ducati, Yamaha, Movistar, Repsol, Pramac, Avintia, motociclismo, Motociclismo Online, Revista Motociclismo, Tito Rabat, Cal Crutchlow, Valentino Rossi, Hafizh Syahrin, Johann Zarco, Danilo Petrucci, Dani Pedrosa, Maverick Viñales, Assen, corrida, Holanda, liderança, Alemanha, Sachsenring“Me sinto muito positivo com a minha moto e com a minha equipe, todos queremos realmente melhorar e vencer. Tivemos uma moto realmente competitiva desde o Qatar, mas conseguimos mudar algumas coisas para obter mais potência e melhor desempenho, por isso espero estar no topo das próximas corridas também. Eu me sinto confiante para Sachsenring”, finalizou Rins.

Fechando o grupo dos três primeiros do último domingo estava Maverick Vinãles, que voltou a subir no pódio depois do segundo lugar nos Estados Unidos, no GP das Américas. “Com certeza estou muito feliz. Estamos estudando como melhorar as primeiras voltas, trabalhamos duro e foi bom nos sentirmos fortes, especialmente no meio da corrida. Depois disso, o pneu caiu muito, mas acho que podemos resolver isso facilmente para as próximas corridas. Meu plano hoje era chegar ao primeiro lugar e forçar, é por isso que eu não queria deixar Marc passar por mim na curva 9. Então eu fui para muito perto do cascalho, porque eu freei muito tarde. De qualquer forma, é bom estar de volta e é bom estar forte no campeonato”, comentou Viñales. O Mundial de Motovelocidade vai agora para sua nona etapa, o GP da Alemanha, que acontece em 15 de julho. Confira abaixo como ficou a classificação do campeonato depois de ontem:

  1. Marc Márquez – Repsol Honda / 140 pontos
  2. Valentino Rossi – Movistar Yamaha/ 99 pontos
  3. Maverick Viñales – Movistar Yamaha/ 93 pontos
  4. Johann Zarco – Yamaha Tech 3 (satélite) / 81 pontos
  5. Andrea Dovizioso – Ducati / 79 pontos
  6.  Cal Crutchlow – LCR Honda / 79 pontos
  7. Jorge Lorenzo – Ducati / 75 pontos
  8. Danilo Petrucci – Ducati Pramac (satélite) / 71 pontos
  9. Andrea Iannone – Suzuki Ecstar / 71 pontos
  10. Jack Miller – Ducati Pramac (satélite) / 55 pontos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *