Welcome to Evently

Lorem ipsum proin gravida nibh vel veali quetean sollic lorem quis bibendum nibh vel velit.

Evently

Stay Connected & Follow us

Simply enter your keyword and we will help you find what you need.

What are you looking for?

Good things happen when you narrow your focus
Welcome to Conference

Write us on info@evently.com

Follow Us

  /  fique ligado!   /  MotoGP: Joan Mir está fora do GP da Inglaterra

MotoGP: Joan Mir está fora do GP da Inglaterra

O piloto espanhol da equipe Suzuki Ecstar, Joan Mir, segue em recuperação do acidente sofrido nos testes coletivos em Brno, na República Tcheca, e está fora do GP da Inglaterra. Ele não participou GP da Áustria, disputado no último dia 4 no circuito de Spielberg, e também não vai disputar a prova na terra da Rainha Elizabeth II, que acontece neste final de semana em Silverstone.

Sua ausência se deve pelo fato de Mir não se recuperar totalmente de uma lesão pulmonar provocada pela queda em Brno. Após uma avaliação de sua situação física, o Dr. Angel Charte disse que ainda há resíduos no pulmão do piloto espanhol, e recomendou o adiamento de seu retorno até sua total recuperação.

Veja também:
Miller renova para temporada 2020 da MotoGP
Suzuki trabalha em nova maxitrail para 2020
Conheça o roteiro do Rally dos Sertões 2019

Por conta disso, a própria Suzuki confirmou a ausência do companheiro de Álex Rins de mais uma etapa da MotoGP. Para o seu lugar, a equipe escalou o francês Sylvain Guintoli, piloto de testes que está participando das atividades no circuito finlandês de Kymiring, que deve retornar ao calendário do Mundial de Motovelocidade em 2020.

Davide Brivio, chefe de equipe da Suzuki, lamenta a ausência de Mir em Silverstone, mas acha melhor aguardar sua total recuperação. “O teste de Misano será uma grande oportunidade para ele verificar a sua condição física e voltar à moto de uma forma calma para recuperar o ‘sentimento de MotoGP’”, afirma.

Acidente em Brno deixa Mir fora do GP da Inglaterra (MotoGP/Suzuki Ecstar/Divulgação)

O piloto espanhol lamenta perder mais uma etapa da temporada, mas destaca que sua saúde é a principal prioridade no momento. “Descansei bastante depois do acidente, mas os testes indicam que ainda não estou 100%, então os médicos determinaram que é melhor continuar com a minha reabilitação. Vou começar a treinar mais para poder chegar à próxima corrida em melhor forma física e não ter que correr muitos riscos”, comenta Joan Mir.

Substituto de Joan Mir participa de testes na Finlândia

A Finlândia voltou a receber motos da MotoGP pela primeira vez desde 1982. Com sua KTM RC16, o piloto da casa, Mika Kallio, foi o primeiro a acelerar no traçado de Kymiring, em Helsinque, que ainda está em construção para sediar uma etapa do Mundial a partir da próxima temporada.

Piloto da casa, Mika Kallio testa sua KTM em Kymiring, na Finlândia (MotoGP)

Além dele, Bradley Smith (Red Bull KTM), Stefan Bradl (Honda), Michelle Pirro (Ducati), Jonas Folger (Yamaha) e Sylvain Guintoli, substituto de Joan Mir na Suzuki também testaram na pista finlandesa, que recebe uma nova bateria de testes nesta terça-feira.

Post a Comment