Welcome to Evently

Lorem ipsum proin gravida nibh vel veali quetean sollic lorem quis bibendum nibh vel velit.

Evently

Stay Connected & Follow us

Simply enter your keyword and we will help you find what you need.

What are you looking for?

Good things happen when you narrow your focus
Welcome to Conference

Write us on info@evently.com

Follow Us

  /  fique ligado!   /  Yamaha R3 Cup troca SuperBike pelo Brasileiro de Motovelocidade

Yamaha R3 Cup troca SuperBike pelo Brasileiro de Motovelocidade

Procurada pelo Motonline, a Yamaha informou que a R3 Cup migrará ainda em 2020 ao Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, promovido pela Confederação Brasileira de Motociclismo – CBM. Em fevereiro, em um comunicado de três linhas, a marca havia anunciado o desligamento da categoria monomarca do SuperBike Brasil, sem fornecer detalhes do futuro da classe.

Segundo a organização, a competição também terá novo formato, em que um número maior de pilotos correrá com apoio direto da fábrica azul. As corridas devem iniciar em agosto, segundo o presidente da CBM, Firmo Henrique Alves. Assim, o calendário deste ano terá cinco etapas, disputadas em Curvelo (MG), Goiânia (GO) e Cascavel (PR).

Yamaha: Yamalube R3 Cup no SuperBike Brasil chegou a bater recorde de pilotos inscritos

Yamaha: Yamalube R3 Cup no SuperBike Brasil chegou a bater recorde de pilotos inscritos

Yamaha leva R3 Cup para o Brasileiro de Motovelocidade

Alan Douglas, da AD78 Sports

Alan Douglas, da AD78 Sports

Nossa equipe foi atendida pelo time da AD78 Sports, chefiado pelo ex-piloto Alan Douglas, agência de marketing esportivo responsável pela gestão da categoria Yamalube R3 Cup Brasil. Os agentes também atuam no Mundial de SuperBike dirigindo a equipe Team Brasil AD78.

Na competição, o time é representado na pista por Felipe Macan, de 16 anos, e Meikon Kawakami, de 18, ambos revelados na classe R3 brasileira. Meikon, inclusive, já competiu na Red Bull Rookies Cup, a categoria escola da MotoGP, e no Mundial Júnior de Moto3.

O que motivou a troca do SuperBike Brasil pelo Brasileiro de Motovelocidade

A Yamalube R3 Cup era um dos principais sucessos do SuperBike Brasil – com direito a recorde de participação de pilotos, inclusive – e, desse modo, acompanhou o SBK nacional desde 2016. Segundo os responsáveis, a saída do campeonato foi motivada pelo novo formato que a classe adota a partir de agora e pelo desejo de realizar mais corridas ao longo da temporada, compreendendo também um número maior de estados.

Competição integrou o SBK desde 2016 e, agora, muda de casa. Ao mesmo tempo, altera seu formato e passa a atender mais pilotos

Competição integrou o SBK desde 2016 e, agora, muda de casa. Ao mesmo tempo, altera seu formato e passa a atender mais pilotos

Além disso, vale lembrar que o relacionamento entre Yamaha e SuperBike tremeu ainda no primeiro semestre do ano passado. Na ocasião, a marca suspendeu temporariamente seu patrocínio à competição quando a mesma registrou seu quarto acidente fatal em menos de três anos – sendo dois na mesma temporada.

Ainda no episódio, a empresa retirou sua classe monomarca, a Yamalube R3 Cup, do grid. Relembre. Mais tarde, a organização do campeonato anunciou novas medidas de segurança, especialmente no autódromo de Interlagos.

R3 Cup terá 36 pilotos apoiados pela Yamaha

A partir de agora, a Yamalube R3 Cup pretende realizar 10 corridas (com provas duplas, em cinco etapas) ao longo do calendário. Além disso, um número maior de pilotos será beneficiado com equipamentos fornecidos diretamente pela Yamaha, subindo de 10 para 36.

Desse modo, a categoria será composta apenas por competidores apoiados pela empresa, que terão igualdade em seus equipamentos, deixando as corridas ainda mais acirradas. Segundo a AD78, a Yamaha irá fornecer para toda a temporada benefícios como transporte, manutenção, pneus, combustível, supervisão de mecânicos Yamaha, acompanhamento com engenheiro de telemetria no final de semana, estrutura de box, macacão personalizado e capacete. Além disso, claro, a marca também irá fornecer a motocicleta.

No formato anterior (foto), R3 Cup beneficiava 10 pilotos, número que está prestes a subir para 36

No formato anterior (foto), R3 Cup beneficiava 10 pilotos, número que está prestes a subir para 36

Há, ainda, outra novidade. Agora os pilotos serão divididos em duas categorias, organizados por idade: R3 Cup, para pilotos de 11 a 24 anos, e R3 Cup PRÓ, para pilotos à partir de 25 anos.

Para Alan Douglas, “a R3 Cup Brasil continua sendo uma categoria que desenvolve jovens pilotos, mas que também permite que qualquer piloto com qualquer idade possa se divertir competindo. O importante é o foco e a determinação. Temos pilotos com 11 anos de idade correndo e também outros com mais de 45 anos e isso é muito legal para o esporte”, disse.

Classe está com inscrições fechadas

Segundo as informações, AD78 Sports e Yamaha Racing Brasil realizaram um processo seletivo há alguns meses, no qual recrutaram os 36 atletas. As vagas foram informadas através de canais como o Instagram da agência e se esgotaram em menos de 24 horas, período no qual receberam mais de 70 inscritos.

Expectativa é realizar cinco etapas (com dez corridas) ao longo da temporada

Expectativa é realizar cinco etapas (com dez corridas) ao longo da temporada

Com a maior parte dos gastos subsidiada pela Yamaha, cada um dos participantes teve de investir R$ 15 mil para integrar toda a temporada na categoria. Assim, a ação faz parte do bLU cRU, programa da Yamaha de incentivo ao esporte.

Desse modo, outros pilotos interessados em acelerar na competição devem ingressar na SuperSport, onde correm motos como a Yamaha R3 e similares. Diferente da Yamalube R3 Cup esta é uma categoria aberta.

CBM: ‘elevará o nível do campeonato’

Ouvido pelo Motonline, Firmo Henrique Alves destacou a importância de ter a nova categoria junto ao Brasileiro de Motovelocidade. O presidente da CBM, disse ver com ‘satisfação e otimismo’ a chegada Yamalube R3 e que isso ‘elevará o nível’ do campeonato.

Campeonato Brasileiro de Motovelocidade terá categoria Yamalube R3 Cup a partir de 2020

Campeonato Brasileiro de Motovelocidade terá categoria Yamalube R3 Cup a partir de 2020

Desse modo, o gestor também destacou a importância do Brasileiro através de números. A competição ocorre desde a década de 1970 e, atualmente, cada etapa reúne cerca de 600 pilotos, além de público aproximado de 15 mil espectadores.

Na entrevista, o gestor afirmou que o Campeonato deve ser retomado em agosto, com a previsão de realizar cinco etapas em 2020. Otimista, disse acreditar que, após o contorno da pandemia, “nossos campeonatos voltarão a ser o que eram antes, talvez melhores e maiores”.

Post a Comment