Welcome to Evently

Lorem ipsum proin gravida nibh vel veali quetean sollic lorem quis bibendum nibh vel velit.

Evently

Stay Connected & Follow us

Simply enter your keyword and we will help you find what you need.

What are you looking for?

Good things happen when you narrow your focus
Welcome to Conference

Write us on info@evently.com

Follow Us

  /  fique ligado!   /  Peugeot pretende produzir motos de até 300 cc

Peugeot pretende produzir motos de até 300 cc

A Peugeot é uma das mais conhecidas fabricantes de carros do mundo. Entretanto, no exterior a marca francesa possui uma divisão de motocicletas, atualmente dedicada apenas à produção de scooter. E tem novidade vindo: a empresa prepara um retorno ao nicho das motos de até 300 cilindradas.

Peugeot estuda modelo baseado no conceito P2X para lançar no mercado

Peugeot e Mahindra

A fabricante francesa pode colocar em seu retorno ao mercado de motos, uma motocicleta equipada com um motor de 300 cm³. O modelo que marca o início da proposta tem o design esportivo e baseado no conceito P2X, que foi apresentado no Salão de Paris de 2018.

Esta iniciativa englobando o nome Peugeot vem da indiana Mahindra – que já cuida da Royal Enfield – e em 2019 comprou toda a divisão de motocicletas dos franceses. Além disso, o grupo comprador detém também marcas como a Jawa.

P2X foi apresentado no Salão de Paris de 2018

PX2

Mario Minella, presidente da Gam Motors – a empresa responsável pela importação da Peugeot Motorcycles para a Itália – falou sobre os planos futuros da marca francesa. De acordo com o executivo, em entrevista à Motociclismo Itália,  a divisão de motos da Peugeot pretende se reposicionar globalmente. Dando ênfase especial a novos produtos e design, a marca deve adotar uma “imagem mais jovem e agressiva” mundialmente, utilizando as motos.

Novo produto pode ter versões com motor de 150 cm³ até 500 cm³

O produto capaz de alavancar a proposta é a PX2. Ainda de acordo com Minella, a moto pode ter versões com motorização que vão dos 150 cm³ até 500 cm³. “Essa é a base sobre a qual pretendemos trabalhar em todos os mercados“, destaca. Por fim, na Itália a Peugeot comercializa scooters atualmente, que vão dos 50 cm³ até 200 cm³, depois de ter deixado de lado o mercado das motocicletas ainda no anos 50.

Post a Comment