Welcome to Evently

Lorem ipsum proin gravida nibh vel veali quetean sollic lorem quis bibendum nibh vel velit.

Evently

Stay Connected & Follow us

Simply enter your keyword and we will help you find what you need.

What are you looking for?

Good things happen when you narrow your focus
Welcome to Conference

Write us on info@evently.com

Follow Us

  /  fique ligado!   /  Piloto registra recorde de velocidade em curva com cotovelo no cho

Piloto registra recorde de velocidade em curva com cotovelo no cho


Foto: YouTube/Reprodução

Uma tendência que começou a se estabelecer na metade dos anos 2000 na motovelocidade foi a de os pilotos moverem o tronco para a parte interna no contorno das curvas, abandonando o estilo que vigorava então, com o tronco seguindo a inclinação da moto. 

Tal estilo foi se desenvolvendo a ponto de, atualmente, os pilotos encostarem até o cotovelo no asfalto em algumas curvas. Isso fez com que as fabricantes de macacões instalassem raspadores nos cotovelos, somando-se aos já existentes nos joelhos. 

Quem acompanha a MotoGP já viu Marc Márquez fazendo uso dos raspadores nas inúmeras ‘salvadas’ que o espanhol consegue na pista – seja em treinos ou em corridas, como a que aconteceu durante o GP de Valência de 2017, no fim da reta dos boxes. 

Nunca houve, porém, uma medição oficial com um piloto deslizando o cotovelo no asfalto ao contornar uma curva, seja em metragem ou em velocidade. Isso, porém, mudou e o responsável por isso é o norte-americano Josh Herrin. 

Herrin, piloto do MotoAmerica – o principal campeonato de motovelocidade dos Estados Unidos – utilizou uma Yamaha R6 para as tentativas. O norte-americano, junto com uma equipe, fez um trabalho de pesquisa para estabelecer um recorde que até então não existia. 

A meta era contornar uma curva a, pelo menos, 161 km/h e deslizar o cotovelo no asfalto por 30 metros. Com o objetivo estabelecido, Herrin foi ao circuito Buttonwillow Raceway, na Califórnia, no início de dezembro, para registrar o feito e entrar no Guinness, o livro dos recordes. 

Na terceira tentativa, Herrin passou pelo setor de medição a 162.4 km/h, registrando então a marca que entrou para o livro dos recordes. O feito virou vídeo e você pode conferir logo abaixo. 

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Post a Comment