Welcome to Evently

Lorem ipsum proin gravida nibh vel veali quetean sollic lorem quis bibendum nibh vel velit.

Evently

Stay Connected & Follow us

Simply enter your keyword and we will help you find what you need.

What are you looking for?

Good things happen when you narrow your focus
Welcome to Conference

Write us on info@evently.com

Follow Us

  /  fique ligado!   /  Yamaha TMax: aprecie a edição especial 20 anos [vídeo]

Yamaha TMax: aprecie a edição especial 20 anos [vídeo]

O scooter Yamaha TMax está de aniversário, prestes a celebrar seus primeiros 20 anos no mercado. O modelo surgiu no início dos anos 2000 com a missão de levar desempenho esportivo a um segmento visto até então como sinônimo apenas de agilidade e comodidade. Deu certo.

Yamaha TMax edição especial 20 anos

O ‘TMax 20th anniversary’ é uma edição limitadíssima a apenas 560 unidades, em alusão a capacidade de deslocamento de seu motor. Na lista de exclusividades há carroceria com componentes em carbono forjado, pintura na cor ‘Tech Graphite’ e costura do assento e outros itens em amarelo, remetendo ao primeiro TMax. Ainda, tem punhos e assento aquecidos e, claro, uma pequena placa com o número daquela unidade. Pura exclusividade.

TMax 560 20th Anniversary Edition é uma série limitada a poucas, e numeradas, unidades

Abaixo do novo visual, o scooter lançado no ano passado. A atual geração do TMax conta com belo pacote eletrônico, que inclui parabrisa elétrico, cruise control, controle de tração, sistema smart key, painel de instrumentos em TFT, suspensões ajustáveis. Na mecânica, destaque ao chassi em alumínio e ao motor de dois cilindros, DOHC, arrefecido a líquido, com 562 cm³, que entrega 48 cv a 7.500 rpm e 5,58 kgf.m de torque a 5.250 rpm.

A edição especial do scooter tem preço sugerido de 16.799 Euros – cerca de aproximadamente R$ 110 mil. O TMax Tech Max, que empresta sua base ao Anniversary Edition, custa aproximadamente 14.399 Euros (R$ 95 mil), enquanto a versão de entrada sai por 12.499 Euros (R$ 82 mil).

Modelo tem visual exclusivo, com peças em carbono, e detalhes que remetem ao primeiro TMax, de 2001

TMax no Brasil

No Brasil, o TMax teve vida curta. Desembarcou aqui em 2014, ainda na versão de 530 cm³, e permaneceu nas lojas menos tempo do que gostaríamos. Sua aceitação no mercado foi abalada pelo preço salgado, de R$ 42.619 em seu lançamento, e acabou emplacando menos de 400 unidades até 2017, quando deixou as concessionárias.

Apesar de todos seus atributos, o TMax teve vida curta no Brasil. Foi vítima do alto preço praticado: R$ 42.619, em 2014 (mais de R$ 77 mil em cifras atualizadas pelo IGP-M)

Símbolo de esportividade e um dos principais sucessos da Yamaha na Europa, o TMax ficou famoso como ‘o scooter de Valentino Rossi’ após o italiano ser flagrado inúmeras vezes pilotando o modelo no paddock. Segundo a fabricante, já foram vendidas cerca de 300 mil unidades do scooter.

Porém, as chances de vê-lo por aqui novamente são escassas. Se o volume de vendas do segmento inviabiliza a produção local, a importação é prejudicada pela desvalorização do Real – e a Yamaha já observou que vender o modelo a um preço além da realidade do mercado não é uma boa ideia.

Kymco AK 550i é uma boa (e, ao menos por enquanto, única) opção para quem quer extrair esportividade de um scooter em solo nacional. Seu preço sugerido é de R$ 61.900

Além disso, o nicho de scooters de alto padrão está em baixa por aqui, marcado pela aposentadoria de modelos como o Suzuki Burgman 650. Atualmente, é representado apenas pelo Kymco AK 550 e o Honda X-ADV.

Post a Comment