Welcome to Evently

Lorem ipsum proin gravida nibh vel veali quetean sollic lorem quis bibendum nibh vel velit.

Evently

Stay Connected & Follow us

Simply enter your keyword and we will help you find what you need.

What are you looking for?

Good things happen when you narrow your focus
Welcome to Conference

Write us on info@evently.com

Follow Us

  /  fique ligado!   /  Royal Enfield Meteor 350 chega ao Brasil

Royal Enfield Meteor 350 chega ao Brasil

Royal Enfield Meteor 350 chega ao Brasil por R$17.990 na versão Fireball (entrada), R$ 18.490 na versão Stellar (intermediária) e R$18.990 na versão top de linha, a Supernova. A Royal Enfield cobra um único valor de frete para o Brasil inteiro (R$ 1.000) e fornece 3 anos de garantia. 

 


Royal Enfield Meteor 350 é oferecida em três versões: Fireball, Stellar e Supernova – Foto: Royal Enfield

 

A convite da Royal Enfield, o MOTO.com.br andou no novo modelo e conta todos os detalhes do lançamento da marca.

 

Finalmente, a Meteor 350 da Royal Enfield estreia no Brasil. Lançada em 2020 na Índia, a motocicleta de entrada da marca chega em solo nacional, após inúmeros adiantamentos por causa do Covid-19, para completar o line-up da marca, composto pelas: Himalayan e as Twins – Interceptor 650 e Continental GT

 

A Meteor chega com preço inicial competitivo de R$17.990, estilo custom para motocicletas de baixa/média cilindrada e novos equipamentos, como o Tripper, dispositivo de navegação curva a curva que mostra em uma tela de TFT colorida acoplado ao lado do painel principal, o caminho para o condutor. A Meteor 350, será oferecida em três versões: Fireball (entrada), Stellar (intermediária) e Supernova (completa).

 


 

A apresentação da nova motocicleta de entrada da Royal Enfield, aconteceu na nova concessionária de São José dos Campos, a 16ª autorizada da marca indiana no Brasil. A marca que completa 120 anos, continua com o seu plano de expansão em solo brasileiro e deve chegar ao número total de 20 concessionárias até o final de 2021.

 

Ao primeiro contato, a Meteor 350 se mostra uma moto cativante e com bons detalhes de acabamento. O destaque para o estilo neo retrô vai para o grande escape baixo, o farol e a lanterna redondos que usam iluminação em LED e lâmpada halógenas, o motor com detalhe em preto, o tanque em formato de gota (com capacidade de 15l) e as pedaleiras avançadas, que reforçam o estilo custom. 

 

Além disso, a Royal Enfield preparou um Test Ride com a nova Meteor, de São José dos Campos até São Bento do Sapucaí. Antes de falar como a motocicleta se comportou neste teste, vamos falar da ficha técnica e versões que serão vendidas aqui no Brasil. 

 

Ficha Técnica

 

A motorização da Meteor 350 é totalmente nova. O monocilíndrico refrigerado a ar e óleo entrega um torque de 2,7 kgf.m a 4.000 rpm, o nível de vibração é baixo, graças a adoção do eixo de contrabalanço. Além disso, a Meteor mantém o Thump característico da Royal Enfield,aquele barulinho gostoso do escape. Com um bom torque em baixa e média velocidades, a Meteor ganha velocidade de forma linear com a ajuda da transmissão de 5 marchas bem escalonadas.

 

O Chassi também é novo! A Meteor adota um chassi de duplo berço, mais forte, rígido e durável que proporciona uma fácil e prazerosa pilotagem. A altura do assento é de 76 cm até o chão, ideal para pilotos inexperientes ou pessoas de baixa estatura. 

 


Meteor 350 recebeu novo motor e chassi –  Foto: Royal Enfield

 

As rodas são de liga leve e pneus sem câmara, nas seguintes medidas: 100/90-19’’ na dianteira e 140/70-17’’ na traseira. Os discos de freios são de 300mm de diâmetro na frente e 270 mm na traseira e a Meteor 350 vem equipada com freios ABS nas duas rodas. 

 

A suspensão tem um conjunto simples, na dianteira a Meteor é equipada com garfo telescópico tradicional com 130mm de curso. Já na traseira, ela conta com duplo amortecedor com seis posições de ajustes na pré-carga da mola.

 

O tanque de combustível tem capacidade de 15 litros e a marca divulga um consumo médio de 34,5 km/l, o que proporciona uma autonomia de 400 km. 

 

O painel segue o desenho da moto, unindo o moderno com o retro. O velocímetro é analógico e no meio tem uma pequena tela LCD, que oferece outras informações como, por exemplo, marcha engatada, nível de combustível, hodômetros total e parcial e relógio, além da função eco. 

 

O diferencial da Meteor é o Tripper, um dispositivo de navegação que conecta com o celular via bluetooth e mostra o caminho para o motociclista em uma painel redondo com tela de TFT colorida ao lado do painel principal. As informações, curva a curva, são projetadas na tela antecipando as informações para o piloto.

 

Versões da Meteor 350 no Brasil

 

A nova motocicleta segue as versões apresentadas na Índia, sendo elas: Fireball, Stellar e Supernova. O que difere entre as versões são as cores e acessórios. Todas as versões são equipadas com o mesmo motor, lanterna traseira em LED, DSLR no farol dianteiro, pisca alerta, Tripper Navigation, tomada USB, roda de liga leve e banco dividido em dois níveis.

 

A versão de entrada é a Fireball, possui um estilo mais despojado e tanque com uma única cor, que pode ser amarelo ou vermelho. A versão de entrada possui acabamento preto nos retrovisores e escapamentos. Além disso, o logo da Royal Enfield é pintado em preto no tanque e possui um filete na cor da moto nas rodas de liga leve.

 


A versão Fireball parte de R$17.990 –  Foto: Royal Enfield

 

Já a versão intermediária, a Stellar, as cores oferecidas são: vermelho metálico, azul metálico ou preto fosco. Além disso, o emblema da Royal Enfield no tanque é de alto relevo, a motocicleta ganha um sissy-bar e escapamento e detalhes cromados. 

 

Por fim, a versão Top de linha denominada Supernova, além dos acessórios da versão intermediária ganha para-brisa, rodas diamantadas, banco em tom marrom e pintura em dois tons, sendo elas: marrom e preto ou azul e preto.

Test Ride com a nova Meteor 350 

 

A Royal Enfield proporcionou um test ride de São José dos Campos até São Bento do Sapucaí. A subida da serra foi em uma estradinha simples, mas com muitas curvas, onde deu para sentir bem a nova moto.

 

A Meteor 350 apresenta uma boa ciclística, apesar de pesar 190 kg, ela é fácil de guiar e o som do escape empolga. Graças ao novo chassi e rodas e pneus, a condução da motocicleta é sólida e passa muita confiança nas curvas. 

 

O motor tem força em baixas e médias rotações, por isso, aproveite a estrada. A Meteor não foi feita para grandes velocidades, mas sim para você aproveitar o caminho e apreciar as paisagens. O banco é confortável e a posição de pilotagem é boa, o que proporciona um passeio prazeroso. 

 

O Tripper é uma ótima novidade e seu funcionamento é bem simples. Basta acessar o aplicativo Royal Enfield pelo celular, parear com a motocicleta através do Bluetooth e colocar o destino desejado. Pronto, as informações da rota, como próximas curvas e distâncias, serão projetadas na tela colorida ao lado do painel principal. Assim, o celular fica seguro dentro da mochila e você segue sua rota com segurança. Além disso, ao finalizar a rota o aplicativo fornece informações como velocidade média, tempo de percurso e quilometragem total. 


Meteor lança o sistema de navegação Tripper no Brasil –  Foto: Royal Enfield

Mercado e Preços

 

No Brasil, o público é carente de motocicletas custom de baixa e média cilindrada. Atualmente, está disponível no mercado de 0km a Haojue Chopper Road e Dafra Horizon com motores de 150cc e faixa de preço de R$11.000. Depois dela, tem um vácuo gigante até a próxima custom, que seria a Kawasaki Vulcan 650cc, uma custom com motor bicilíndrico e já batendo nas casas de R$40.000. 

 

Com um preço competitivo, a Royal Enfield Meteor 350 tem boas chances no mercado brasileiro. Sua construção e dirigibilidade, une a essência das motos clássicas da Royal com a modernidade das Twins 650, com menos vibrações, desempenho linear e bom acabamento.

 

Com boas novidades para o mercado e design bonito que une o moderno e o clássico, a Meteor eleva o motopurismo da marca para um novo nível. O que deve chamar atenção de novos motociclistas para a marca. 

 

 

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Post a Comment